Retour à l'accueil

         



Minas Gerais


- Superficie : 586 528,293 km2 (IBGE)
- Capitale : Belo Horizonte
- Population : 17 891 494 km2 (IBGE, 2000)
- Principales activités économiques :
- Industrie : textile, confection, métallurgie, matériel électrique, construction civile, sidérurgie, minerais et transformation de minerais non métalliques, agroalimentaire.
- Agriculture et élevage



Um pouco sobre o Carnaval de Minas Gerais


                 Ouro Preto, Diamantina, Pompéu ou São João Nepomuceno.
Não importa a cidade ou a região mineira. Em todas elas, a folia de Momo vira lei a partir do dia 5 até 8 de fevereiro, durante os quatro dias de Carnaval, de sábado a terça-feira. As folias fazem parte do calendário de eventos elaborado pela Secretaria de Turismo de Minas Gerais.
Em São João del-Rei, que já foi considerado o melhor Carnaval de Minas e o quarto melhor do Brasil, não haverá o tradicional desfile de escolas de samba. A Prefeitura local alega falta de tempo e de dinheiro para preparar a folia de rua, mas promete um carnaval de qualidade para 2006.
E garantiu recursos para o pré-carnaval da cidade, de 1 a 4 de fevereiro, com o desfile das bandas do Pão Molhado, Copo Sujo, Alvorada, Domésticas e Lesma Lerda, e para os blocos que saem às ruas nos dias de Carnaval.

Ouro Preto
Na antiga Vila Rica, o Bloco Zé Pereira é a maior tradição de Ouro Preto. Tem mais de 130 anos e foi fundado pelos lacaios, empregados do Palácio do Governador. As principal alegorias são os bonecos com mais de dois metros de altura.
Os blocos chamados independentes são: a Bandalheira, que satiriza os tempos da ditadura militar, unindo doutores, pedreiros, operários e estudantes; o Cordão Banjo de Prata, fundado em 1934, e que revive o clima dos carnavais da década de 20; e o Balanço da Cobra que tem um boneco que dá nome ao bloco e também satiriza os políticos.
O Bloco da Diretoria surgiu da amizade de um grupo de estudantes nascidos em Ouro Preto e que são chamados de nativos. Foi esse grupo que decidiu fundar o bloco em 1993. O símbolo é a gravata. Tem ainda os blocos Funerária, Vermelho & Branco e Conspirados. Ouro Preto fica a 95 km de Belo Horizonte. Outras informações pelos telefones (31) 3559-3200/3251.

Diamantina
Segurança, com circuito de TV nas ruas, conforto, com sanitários reservados, vendas organizadas de bebidas e alimentação. Assim, será o Carnaval em Diamantina, a 290 km de Belo Horizonte, conforme promessa dos organizadores, Prefeitura e iniciativa privada. A área VIP vai funcionar no Mercado dos Tropeiros.
Os blocos são: Bartucada, De Volta ao Passado, Torcida Organizada Diamante Azul, Chica, Vila Formosa, Sapo Seco, Vai Quem Quer no Pé da Serra e Xai Xai. Outras informações: sectur@cite11.com.br ou (38) 3531-9528.

Pompeu
Em Pompéu, a 164 km de Belo Horizonte, na região Centro-Oeste de Minas, o Bloco Reduto completa 10 anos e espera a presença de oito mil foliões. São quatro dias de muita alegria com a participação de bandas de renome nacional: a Cheiro de Amor, Jammil e Uma Noites, Gil Melândia e Chica Fé. O bloco será puxado pelo Trio Elétrico Predador, considerado um dos 10 melhores do Brasil, com muita tecnologia de som e luzes.
O Bloco Reduto vai oferecer área com camarotes VIPs e uma boate itinerante para os foliões que gostam de ver o sol raiar. Informações: reduto.com.br, Pompeu.mg.gov.br ou pelo telefone (37) 3523-2424.

São João Nepomuceno
O Carnaval em São João Nepomuceno, na Zona da Mata, a 318 km de Belo Horizonte, é considerado um dos melhores de Minas. Na praça Tancredo Neves, desfilam as escolas de samba e os blocos caricatos, além de um concurso de fantasias nas categorias luxo e criatividade.
Na praça Coronel José Brás, é montado um palco para a apresentação de bandas e barraquinhas, onde os foliões se ajuntam para dançar e se divertir. A folia em São João Nepomuceno conta ainda com a irreverência do Bloco do Barril, que desfila há 30 anos. A origem do nome são os barris de cachaça da região. Vários litros da bebida são distribuídos para os membros do bloco e foliões que acompanham o cortejo. E os homens são obrigados a se fantasiarem de mulher para poder desfilar. Informações: sjnepomuceno.mg.gov.br ou pelo telefone (32) 3261-1285.

Congonhas
A 89 km de Belo Horizonte, Congonhas começa sua folia no sábado de Carnaval, com a participação dos blocos caricatos e a entrega da chave da cidade ao Rei Momo pelo prefeito. No domingo, tem desfile das escolas de samba para disputar o Troféu Quarentão.
Na segunda-feira, a festa continua com a participação do Trio Elétrico e do Bloco Do Vai Quem Quer. E a Bandalheira toca as músicas carnavalescas de todos os tempos. Informações: (31) 3731-1300/4091.

Itabirito
O Cordão da Velha abre o Carnaval de Itabirito, a 55 km de Belo Horizonte. O bloco é acompanhado pela Banda Santa Cecília, formada por 90 músicos. As escolas de samba se concentram na praça 1o. de Maio e percorrem a avenida Queiroz Júnior, em toda a extensão do Quarteirão do Samba. São duas escolas que desfilam em dias alternados, destacando-se os carros alegóricos e as fantasias.
Depois do desfile, os trios elétricos tomam conta do Quarteirão do Samba até o dia amanhecer. Outro destaque é a Banda Alheira, que desfila no domingo e na terça-feira, com homens vestidos de mulher, com sátiras políticas. Informações: (31) 3569-1000/1133.

Caxambu
Em Caxambu, a 361 km de Belo Horizonte, no Circuito das Águas, o Carnaval passou dos hotéis e dos clubes para as ruas e a animação é total. A influência dos cariocas, em Caxambu, é visível até na folia, com blocos diversos, concurso de fantasias, além do Bloco do Sujo que desfila nas tardes de domingo e de terça-feira, com fantasias originais e criativas. Informações: (35) 3341-9050/51/56.

Sacramento
Em Sacramento, a 453 km de Belo Horizonte, o Carnaval é considerado o melhor da região do Alto Paranaíba. São desfiles de blocos e de escolas de samba realizados no sábado, domingo e na terça-feira. Tem também camarotes instalados em frente do Sacramento Clube. Informações: sacranet.com.br ou pelo telefone (34) 3351-1198/5815.

Crédito: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Turismo.
Fonte: http://www.descubraminas.com.br

                                                                   

O estado de Minas Gerais é uma das 27 unidades da República Federativa do Brasil, com uma população estimada em 18,9 milhões de habitantes (2004).
Está localizado na região Sudeste do Brasil, junto com São Paulo, Rio de Janeiro, e Espírito Santo.
Tem como estados limítrofes: Bahia (norte e nordeste), Espírito Santo (leste), Rio de Janeiro (sudeste), São Paulo (sul e sudeste), Mato Grosso do Sul (oeste) e Goiás e Distrito Federal (noroeste). A linha divisória soma 4.727 km.

Com acesso ao oceano Atlântico através dos vizinhos Espírito Santo e Rio Janeiro, o território de Minas Gerais fica entre os paralelos de 14º13'58" de latitude norte e 22º54'00" de latitude sul e os meridianos de 39º51'32" e 51º02'35" a oeste de Greenwich. A maior distância linear entre os pontos extremos é de 986 km, no sentido norte-sul, e de 1.248 km, no leste-oeste.

A área territorial é de 588,4 mil quilômetros quadrados. Isso representa 6,9% da área territorial brasileira (8,5 milhões de quilômetros quadrados).

Dentro e fora do País, as seguintes comparações podem ser feitas:
Em área territorial, Minas Gerais perde para Amazonas, Pará e Mato Grosso.
Participa, nos totais, com 6,9% da área brasileira e 63,4% da região Sudeste.
Supera as de São Paulo (136%), Espírito Santo (1.174%) e Rio de Janeiro (1.239%).
Com relação à Europa, a área territorial de Minas fica abaixo apenas da Rússia e da Ucrânia, mas quase se iguala à Península Ibérica (Portugal e Espanha).
Com relação à América do Norte, Minas corresponde a 5,9% e 6,2%, respectivamente, das áreas do Canadá e dos Estados Unidos.
Com relação à América do Sul, Minas supera a soma de Paraguai e Uruguai. E representa 21,1% em comparação à Argentina e 77,5%, ao Chile.
Outras comparações: França (544 mil km2), Grécia (132 mil km2), Hungria (93 mil km2) e Líbano (10 mil km2).

A capital é Belo Horizonte, concebida e planejada para substituir a colonial Ouro Preto ao final do século 19, então saturada e esgotada em sua capacidade de infra-estrutura para sediar o governo. Teve sua construção marcada pela formulação de planejamento urbano específico, espelhado no exemplo de Boston (EUA). Foi inaugurada em 12 de dezembro de 1897.
Segundo projeções atuais, Belo Horizonte acolhe 2,3 milhões de habitantes (2003). Com outros 33 municípios, forma a principal região metropolitana do Estado, com 4,8 milhões de habitantes.
Dentre os inúmeros fatores que pesaram na criação de Belo Horizonte, a localização privilegiada foi determinante, por estar a capital quase centralizada no estado.

Em relação aos municípios das capitais brasileiras, a distância máxima (até Boa Vista) não passa de 3.118 km, e dentro do próprio estado não vai além de 865 km (Formoso). Sua localização faz com que por meio dela ou em suas cercanias passem rodovias federais muito importantes para a interligação nacional.

Fonte : Minas On-Line
                                                                   
- Pour ceux qui veulent goûter la cuisine du Minas Gerais, voici quelques recettes de l'émission du Minas Rural.
- La musique et la culture "mineira" : Un peu d'histoire.
- Lendas e Mitos de Minas Gerais
- Descubra Minas Gerais - Os Encantos de Minas

 

Retour à l'accueil