Retour à l'accueil

                  
Carambola

Nome científico : Averrhoa carambola L.

Árvore geralmente de até 8 metros, tronco tortuoso com ramos flexíveis, tem copa piramidal quando jovem e arredondada quando adulta.
Folhas formam copa densa
Flores pequenas purpurinas ou amareladas dispostas em racimos.
Frutos cor amarelo-claro, verde ou vermelho, cinco gomos salientes. A polpa é abundante, sucosa e agridoce. A carambola tem uma forma curiosa, de gomos achatados, que, quando cortados no sentido transversal, têm o aspecto de uma estrela. Cada lóculo pode conter 2 a 3 sementes pequenas, chatas, oblongas, marrons e pouco viáveis. Existem tipos de caramboleira que produzem frutos ácidos e outros que produzem frutos doces.
Fructificação primavera e verão.

A árvore é decorativa, ornamental.
As folhas integram a farmacopéia indiana e as flores, ao natural, são aproveitadas em saladas.
O fruto, comestível quando maduro, a carambola, é consumido fresco ou sob forma de compotas, geléias, vinhos, passas, doces.



© Hervé Thery


O suco da polpa é refrigerante saudável e tem uso medicinal no tratamento de febres, escorbuto e desinteria.
O sumo do fruto, rico em ácido oxálico, serve para tirar manchas de tintas, de ferrugem, e para limpar metais.
Ainda o fruto é fonte de vitaminas A e C.
É comum em pomares e chácaras.




Très riche en vitamine C et diurètique. Sucrée et acidulée, comme la rhubarbe, la carambole se déguste nature, sous forme de confiture ou cuite en légume d'accompagnement avec du poisson. Délicieuse arrosée de vinaigrette. Les variétés acides sont utilisées dans la cuisine anglaise pour les chutneys et pickles.
Elle est très décorative, coupée en étoiles dans les salades de fruits.
La carambole ou pomme de Goa est originaire de Malaisie, les Portugais l'ont acclimatée aux Indes, puis aux Antilles et au Brésil.
En Inde on utilise la carambole pour décaper les métaux et détacher les vêtements!


 

                          


Caipirinha de carambola com manjericão



Ingredientes e modo de fazer:

Corte meia carambola em fatias finas;
em um copo americano, coloque 2 colheres de açúcar e macere com amassador;
na seqüência, acrescente 5 pedras de gelo e 50ml de vodca (uma dose), mais 5 folhas de manjericão.
Misture bem e sirva com um mexedor.

Segundo a receita do próprio Souza, do Veloso (Rua Conceição Veloso, 56, Vila Mariana, (11) 5572-0254, São Paulo),
que foi eleito Barman do Ano da Veja São Paulo, na edição 2007, do especial Comer & Beber