Retour à l'accueil

                  
Banana

Nome científico : Musa paradisiaca L.

Plantas com troncos formados pela superposição das grandes folhas verde-claras, brilhantes.
Flores em forma de cacho, avermelhado.
O fruto é longo, amarelado com casca mole e polpa creme. Não tem sementes!
Fructificação durante o ano todo.
A propagação é feita somente através de mudas e produz um cacho após 10 a 18 meses de idade.
Apenas uma vez na sua vida, cada caule falso dá um ramo de flores, que, aos poucos vai-se transformando num cacho de bananas, formado por pencas que, ao todo, podem chegar a somar até duzentas bananas. Depois de ter produzido o cacho, outro pé começa a crescer do rizoma subterrâneo e dele nascerá o próximo cacho.

A banana pode ser consumida ao natural, frita ou cozida, em calda, doces, banana passa, farinha, flocos, banana chips e pode ser utilizado para a produção de álcool e vinagre. O fruto é rico em açúcares, sais minerais, principalmente em potássio e fósforo, além de conter teores médios de cálcio, ferro, cobre, zinco, iodo, manganês e cobalto e ainda vitamina A, tiamina, riboflavina, niacina e vitamina C.
Para consumo imediato, compre a banana com casca bem amarela e pequenas manchas marrons.
Se não for para consumo imediato, dê preferência às que estão ligeiramente verdes. Para acelerar o amadurecimento da fruta, embrulhe em folhas de jornal. Para retardar o amadurecimento, compre a banana em pencas, pois as destacadas ficam maduras mais depressa.

A banana é uma das frutas mais consumidas no mundo, sendo produzida na maioria dos países tropicais. A bananeira é da família das musáeas, é cultivada em todos os estados brasileiros, desde a faixa litorânea até os planaltos do interior. Entretanto, certos fatores climáticos, como a temperatura e o regime de chuvas, impõem limites à cultura e isso faz com que ela se concentre nos estados da Bahia, São Paulo, Santa Catarina, Pará e Minas Gerais.


Retour à l'accueil