La Langue Portugaise, le Brésil, la Lusophonie, La Mondialisation Linguistique:                
Un Nouveau Regard                

Eduardo Prado Coelho


Eduardo Prado Coelho nasceu em 29 de Março de 1944. Licenciatura e doutoramento na Universidade Clássica de Lisboa. Tema do doutoramento: A noção de paradigma nos estudos literários.
Entre 75 e 76 foi Director-Geral de Acção Cultural. A partir de 85 foi para a Universidade Nova de Lisboa, Departamento de Comunicação Social. Ente 87 e 97 exerceu as funções de Conselheiro Cultural em França.
Numerosos livros de crítica e teoria literárias, cinema, ciências humanas, artes plásticas. Dois livros autobiográficos: "Tudo o que não escrevi". Um livro de cartas poéticas: "Diaporama" em colaboração com Ana Calhau. Um livro de diálogos com o Cardeal Patriarca de Lisboa. Uma coluna de crónica diária e um texto semanal de crítica no jornal "Público". Pai de Alexandra do Prado Coelho, jornalista.


Eduardo Prado Coelho est décedé le 25 août 2007 à Lisbonne.
Lire l'information dans le journal "O Público" dont il était collaborateur dès sa création.
L'information par l'Agence Lusa
in memoriam…